Cupcakes são aqueles bolinhos característicos da América do Norte, especialmente EUA. São também chamados de fairy cakes (bolo de fadas) no Reino Unido e Irlanda. São cobertos e decorados artisticamente. Tão fofos que dá vontade só de olhar.

O episódio de “Sex and The City” que Carrie vai até a Magnolia Bakery, come o bolinho com uma cara super boa e diz que é o melhor de Nova Iorque deu popularidade mundial a eles! No Brasil, o cupcake é a nova mania! Tendência em casamentos.

Esse bolinho pode ser uma opção original e diferente para oferecer aos convidados como lembrança do casamento, ao invés do tradicional bombom. Cupakes já viraram febre em festas, casamentos, aniversários…

Doces para casamento

Em geral, cupcake é um pouco mais caro que o tradicional bombom. Se você for encomendar vários, o preço pode ser sempre negociado com o vendedor.

Caso seu orçamento esteja apertado, você pode mandar preparar como uma lembrança especial apenas para os padrinhos e as madrinhas.

Para aqueles não irão realizar nenhum tipo de recepção (festa, brunch e afins) pode ser legal gastar um pouco mais e oferecê-los aos convidados, após o casamento, como tradicionalmente é feito, no lugar do bombom. Os cupcakes estão ficando populares justamente porque são diferentes. Cada vez mais, os noivos querem agregar novidades ao grande dia.

Cupcake no casamento. Original, delicioso e divertido!


Imagens:

© Cupcakeria

© Lulu Cupcakes

2 comentários para “Cupcake no Casamento”

  1. Amanda

    Olá!

    Antes de tudo, gostaria de dizer que as dicas do site são muito úteis!

    Sobre o cupcake, gostaria de saber se ele pode ser substituído pelo tradicional bolo de casamento e se o custo dele fica mais caro ou mais barato que esse bolo.

    Obrigada,

    Responder
    • Cris

      Amanda,

      O tradicional é que se tenha bolo de casamento mesmo. O custo de colocar o cupcake no lugar do bolo de casamento é bem maior. Há um movimento em que algumas noivas estão substituindo o bolo pelo cupcake, mas, no Brasil, ainda não é considerado tão comum.

      Na realidade, no fim das contas, vale fazer aquilo que a noiva deseja e o que o orçamento comporta.

      Beijoconas.

      Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)